Fonte: JA

O Banco Nacional de Angola (BNA) fez saber, ontem, em comunicado na sua página de Internet, que antecipa a sessão do Comité de Política Monetária de 29 de Julho para a próxima sexta-feira (2), mantendo a agenda da análise da evolução dos indicadores macroeconómicos.

Segundo o BNA, na reunião vai, igualmente, ser feita a análise dos mercados monetário e cambial, visando a formulação da política monetária de acordo com os seus objectivos e metas.

Na última sessão, realizada em Maio, o Comité da Política Monetária reviu em alta o valor da taxa de inflação na ordem dos 19,5 por cento contra os 18,7 por cento, inicialmente previstos até ao final de 2021.

Estes indicadores têm em conta o choque de oferta registados nos quatro primeiros meses deste ano, o que vai obrigar um período de observação a curto prazo, para que se venham a tomar outras medidas, caso o rumo seja crescente.

O governador do BNA, José de Lima Massano, referenciado pela Angop, disse, na altura, que se  pretende fechar o primeiro semestre deste ano com o contínuo exercício e avaliar se justifica uma operação a nível das taxas de referência de juros.

Angola já vinha a apresentar um cenário de redução da inflação até 2019. Em 2020, observou-se um aumento, tendência que se assiste também em 2021, segundo o banco central.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *